HOME

Encontro aconteceu no gabinete da Presidência da Assembleia Legislativa.
Foto: Eduardo Nichele
TJ reforça importância de aprovação da recomposição salarial dos servidores da Justiça Estadual

Os Chefes do Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública e Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul visitaram, no final da tarde de quinta-feira (8/10), o Presidente da Assembleia Legislativa, Deputado Edson Brum. O objetivo do encontro foi tratar dos projetos de lei que prevêem o reajuste salarial dos servidores das respectivas categorias, protocolados no Legislativo. Os representantes das instituições esclareceram pontos acerca das propostas e reforçaram a importância da aprovação das recomposições.

O encontro durou cerca de uma hora e reuniu o Presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador José Aquino Flôres de Camargo, o Presidente do TCE, Cezar Miola; o Defensor Público-Geral do Estado, Nilton Leonel Arnecke Maria; e o Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Jurídicos do Ministério Público, Paulo Emílio Barbosa.

O Presidente do TJRS destacou que o reajuste faz parte da política de gestão do Poder Judiciário, dentro das suas autonomias: "O que propomos está previsto no nosso orçamento, respeitando os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal", afirmou. O Desembargador Aquino também destacou a importância da valorização dos servidores: "Eles têm tido um papel fundamental na resposta que o Poder Judiciário tem dado ao longo dos anos. O que foi proposto nada mais é do que a reposição do índice IPCA, relativo aos 12 meses anteriores. Isso, independentemente, do que vier a ser aprovado em relação à Lei Orçamentária Anual".

Também estiveram presentes o Presidente do Conselho de Comunicação Social do TJRS, Desembargador Túlio Martins, o Diretor-Geral do TJ, Omar Jacques Amorim, e o Assessor da Presidência do Tribunal, Ivandre Medeiros.

Protocolado no final da tarde de 09/10 junto à Superintendência da Assembleia Legislativa, o Projeto de Lei 368/2015 prevê a recomposição dos salários dos servidores em 8,13%.

Fonte:
imprensa@tj.rs.gov.br
Texto: Janine Souza