HOME

Presidente Aquino (C) com representantes de cinco entidades de classe dos servidores do Judiciário Estadual (Foto: Eduardo Nichele)
Presidente do TJ reitera às entidades dos servidores importância de alterar a LDO


O Presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador José Aquino Flôres de Camargo, recebeu esta tarde (12/6), dirigentes das diversas entidades representativas dos servidores do Poder Judiciário. Durante o encontro, o magistrado detalhou as tratativas que o TJ vem mantendo para alterar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) enviada pelo Poder Executivo à Assembleia Legislativa e que contém o Orçamento do Judiciário para 2016.

Estiveram presentes, representando o Cejus, o Vice-Presidente Jarbas Iran Ernandes de Brito e a Diretora Jusselaine Gomes Porto, e lideranças da ASJ, ABOJERIS, ACEDIJUS e SINDJUS.

Para o Presidente Aquino, o congelamento imposto ao orçamento é inadmissível e reiterou a necessidade de alterações no documento que tramita na Comissão de Finanças, Planejamento, Fiscalização e Controle da Assembleia Legislativa. "É fundamental que neste momento se façam todos os esforços com o objetivo de melhorar a LDO, a fim de contemplar os interesses dos servidores do Poder Judiciário e do Tribunal de Justiça," afirmou.

A Lei de Diretrizes Orçamentárias do Estado deverá ser apreciada, debatida e votada até o dia 15/7/2015 pelo plenário da Assembleia Legislativa. A etapa seguinte prevê o envio do projeto aprovado à sanção do Governador.

Participaram da audiência a Presidente do Conselho de Administração, Planejamento e Gestão (CONAD), Desembargadora Marilene Bonzanini, o Diretor Geral do TJ, Omar Jacques Amorim; os Juízes-Assessores da Presidência do Tribunal, Leandro Figueira Martins e Luis Antonio Behrendsdorf Gomes da Silva, e o Assessor da Presidência Ivandre de Jesus Medeiros.

Fonte:
Texto: Gilberto Jasper
imprensa@tj.rs.gov.br