HOME

O atleta Marcelo Schneider com o filho Gabriel.

Marcelo Schneider, atleta internacional que destaca o esporte brasileiro.

Marcelo Schneider, Guarda de Segurança do Tribunal de Justiça, sócio do Cejus com a matrícula nº 162, no dia 16 deste mês de novembro de 2014, exerce uma importante missão nos Estados Unidos da América, como um dos principais integrantes da representação do Brasil no Campeonato Mundial de Levantamento de Peso.

Esta é a terceira vez que Vilmar Oliveira, Vice-Presidente para a América do Sul da World Associatiion of Benchers Dead Lifters convoca Marcelo Schneider para ser um dos representantes do Brasil na competição, que figura entre as mais importantes do mundo. Na primeira vez, em 2012, ele se classificou em quinto lugar em sua categoria, e no ano passado se sagrou campeão da categoria.

O Campeonato Mundial se desenvolve de 18 a 23 de novembro, na cidade de Las Vegas, Nevada, USA. Estarão presentes mais de 300 atletas, dos Estados Unidos, América do Sul, Europa, Leste Europeu e Asia.

Marcelo fala com muito entusiasmo sobre a competição. "Participar deste Campeonato Mundial é gratificante por muitos aspectos. O primeiro impacto é ser envolvido por um senso de organização impressionante, onde cada detalhe é tratado com o máximo de atenção e de respeito, dando ao conjunto a dimensão de um grandioso espetáculo. Tudo conduz para a valorização da competitividade, na busca do melhor em benefício de todos, que faz parte do perfil da sociedade americana.

"O público, que assiste a competição, parece querer que todos sejam vencedores por darem o melhor de si, para melhor qualificar a performance vencedora. Os atletas não são adversários entre si, mas são competidores que querem que o esporte revele a melhores marcas."

Marcelo destaca que os atletas interagem fraternalmente e compartilham suas experiências e técnicas visando contribuir para o desenvolvimento e qualificação da modalidade esportiva. "A convivência com esta diversidade cultural e amiga é uma experiência extraordinária e inesquecível. Por isso, nesta oportunidade estou promovendo a filmagem das competições e de seus bastidores, e tenho um amigo que vai editar este material como um documentário para exibição entre nós. Considero importante a divulgação desses exemplos de convívio social e desportivo."

Marcelo vai iniciar com 170 quilos no exercício de peito, e com 240 quilos no exercício de terra. Na avaliação destes primeiros momentos, deverá pedir mais peso, podendo chegar a 200 quilos no exercício de peito e 280 no exercício de terra.

E na intimidade, quem é este vigoroso atleta Marcelo Schneider que dispõe de tanta energia muscular?

Marcelo é de uma família de esportistas. Seu pai foi diretor de remo do Grêmio Náutico União e um irmão foi destacado remador. Ele sempre esteve ligado à atividades esportivas frequentando o União e a Sogipa.

Marcelo se emociona ao lembrar palavras do pai: "Filho, seja sempre um conciliador; em tudo, considere o senso da conveniência; não procure ser brilhante, procure ser constante."

"A minha formação religiosa é Mormon. Sou extremamente dedicado à família e creio que nunhum sucesso compensa o fracasso do lar. Depois da família, minhas preciosidades são os livros. Leio, no mínimo, dois livros por mês. Acredito que não tenha inimigos, mas sei que tenho muitos amigos e ser gentil com as pessoas considero a minha maneira natural de ser. Vou a Igreja e agradeço as bênçãos que recebo, como a minha família, o meu trabalho, a minha saúde, os meus amigos."

Marcelo Schneider conclui a entrevista dizendo que "agradeço a Presidente Maria Beatriz Rodrigues Machado, a toda a Diretoria e funcionários do Cejus pelo incentivo e apoio à minha contribuição para o esporte gaúcho e brasileiro."