HOME
Desacordo entre líderes impediu a votação do reajuste salarial no plenário do Executivo

Os deputados que dão base ao governo Sartori na Assembleia Legislativa não permitiram o avanço dos projetos de reposição salarial, debatidos nesta terça-feira (12/06) na reunião de líderes da casa. João Fischer (PP), João Reineri (PSB) e Gabriel de Souza (MDB) não acordaram com o encaminhamento da proposta a plenário.

Assim, com três votos contrários na reunião de líderes, os projetos de recomposição dos servidores do Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas, Defensoria Púlica e Procuradoria Geral não será publicado no Diário Oficial.
A Diretora do CEJUS, Kátia Aguiar (foto ao lado), que representa a Presidente Maria Beatriz Rodrigues Machado no movimento de lideranças classistas pela aprovação do reajuste, afirmou que na próxima terça-feira a pressão junto aos deputados permanecerá com o máximo empenho.