HOME

Acompanhe a 7ª edição da Justiça pela Paz em Casa, com o tema Transformando para a Paz

"Transformando para a paz". Com este tema, a 7ª edição da Semana da Justiça pela Paz em Casa pretende incentivar o diálogo e a conscientização de homens e mulheres para combater a violência doméstica e os feminicídios. A programação do evento será realizada de 6/3 a 10/3, após um pré-lançamento nos dias 4/3 (sábado) e 5/3 (domingo), com ações de divulgação no Grenal (sábado, 18h30min) e no parque da Redenção (domingo, 10h).

A Coordenadoria Estadual das Mulheres em Situação de Violência Doméstica informa que, devido à instabilidade do tempo na Capital, neste domingo (5/3), a atividade prevista para ocorrer no Parque Farroupilha (Redenção) foi transferido para o dia 12/3/17. A ação conjunta será realizada ao ar livre, prevista para ter início às 10h e integra a 7ª edição da Semana da Justiça pela Paz em Casa. A realização é da Corregedoria-Geral da Justiça e da Coordenadoria Estadual das Mulheres em Situação de Violência Doméstica e Familiar.

Atuam como parceiros Ministério Público Estadual, Defensoria Pública Estadual, Governo do Estado do Rio Grande do Sul (Secretaria do Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos e Secretaria da Segurança Pública), Ordem dos Advogados do Brasil/RS (Comissão da Mulher Advogada), Procuradoria-Geral do Estado (Comissão de Direitos Humanos), Assembleia Legislativa do Estado (Procuradoria Especial da Mulher), Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Coordenadoria Municipal da Mulher), Juizado do Torcedor e Grandes Eventos e Federação Gaúcha de Futebol.

Programação
A abertura oficial da Semana da Justiça pela Paz em Casa ocorreu nesta segunda-feira (6/3/17), às 13h30min, no Palácio da Justiça (Praça da Matriz, n° 55, Centro Histórico de Porto Alegre) com a exposição "Agora ou na hora de nossa morte". A mostra retrata feminicídios ocorridos no Rio Grande do Sul, que ceifaram vidas e famílias. A cerimônia será coordenada pela Corregedora-Geral da Justiça, Desembargadora Iris Helena Medeiros Nogueira.

No Dia Internacional da Mulher (8/3) será oferecido um café da manhã, na sede da CGJ, para mulheres que atuam no combate à violência doméstica em diversas instituições. Na ocasião, será apresentado o projeto Hora, realizado em Caxias do Sul, com homens que agrediram as companheiras. Com quase 400 atendimentos, a iniciativa registra até agora apenas duas reincidências. Também no dia 8/3, a Corregedora-Geral da Justiça palestrará em Ijuí sobre Superação e Empreendedorismo, na Sociedade Ginástica, às 19h30min.

Ainda na programação, na sexta-feira (10/3), haverá uma dinâmica com presos provisórios do Presídio Central, que se envolveram em violência doméstica e um círculo com mulheres vítimas no Juizado Especializado da Comarca de São Leopoldo.

Fonte
imprensa@tj.rs.gov.br