HOME

Servidores do Judiciário adotam estratégias em defesa da classe e da recuperação financeira do Estado

Reunidos na quinta-feira (16/02/17), às 14h, na sede do Sindjus, as entidades representativas dos servidores do Poder Judiciário, Cejus, Aprojus, Simpe, Ceape, Sindispge e Sindjus, trataram questões sobre a Dívida Pública do Estado, tema de fundamental importância aos servidores públicos e à sociedade gaúcha, diante do quadro financeiro grave que se apresenta na gestão do Governador Sartori.

As Diretoras do CEJUS Jusselaine Porto e Kátia Aguiar, que representam a Presidente Maria Beatriz Rodrigues Machado nos movimentos políticos classistas, participaram ativamente dos debates.

Como o prosseguimento da votação do pacote de medidas do Governador Sartori deverá entrar na pauta da Assembleia Legislativa no mês de Março, foi discutida uma possível ação das Entidades contra o Pacote, a exemplo do Estado de Minas Gerais que entrou com uma ação popular na União, pedindo auditoria da dívida, tendo o Estado se tornado credor e não mais devedor, já que a dívida já havia sido quitada, e tão somente os juros estavam sendo pagos.

Conjuntamente foi abordada a ação que o Deputado Lara repassou em reunião na Assembléia Legislativa, pedindo a união das Entidades para pressionar os Deputados na assinatura do pedido - o qual deve ter, no mínimo, 19 assinaturas e até o momento só conseguiu 11 - para que seja feita uma desoneração das isenções fiscais de empresas, a qual nunca foi feita no Governo, através de auditoria fiscal do Estado.

Para contribuir com o Deputado Lara, foi nomeada uma Comissão para buscar dados que fortaleçam o pedido dos servidores aos parlamentares, quando todos estarão na Assembléia, fazendo visitas aos gabinetes, o que vai ocorrer nos próximos dias.

Após foram tratados todos os temas do Pacote do Sartori que atingem a todos os servidores, os quais entrarão na votação do Plenário, como segue: mandato classista, adicionais por tempo de serviço e licença-prêmio. O debate visou instrumentar os servidores com ampla argumentação para apresentar aos Deputados antes da votação.